» Exames de Urina

EAS – Urina rotina

1. Colher a 1ª urina da manhã de preferência ou com no mínimo de 2 horas após a última micção;

2. Desprezar o início da urina (1º jato) no vaso sanitário, em interromper a micção coletar o jato médio da urina (2º jato) diretamente no frasco fornecido pelo Laboratório Acil e terminar a micção no vaso sanitário.

3. Enviar ao Laboratório Acil no máximo 2 horas após a coleta.

Obs1:. Não utilizar frasco esterilizado em casa.

Obs2:. Mulheres devem fazer uma higiene íntima antes da coleta de urina, e evitar colher a urina no período menstrual. A mesma deve ser colhida 5 dias antes ou 5 dias após este período. Mas em casos de urgência a coleta deve ser realizada,  após a higiene íntima ,um tampão de algodão deverá tampar a entrada da vaginal para evitar contaminação do fluxo menstrual e proceder à coleta como descrito  no item 2.

Em crianças que não utilizam fraudas os procedimentos são iguais aos adultos, em bebes ou crianças que utilizam fraudas, o procedimento é realizado somente no Laboratório Acil.

 

Cultura de Urina

            Coleta Masculina:

1. O paciente deverá colher a 1ª urina da manhã ou com no mínimo de 2 horas após a última micção;

2. A coleta deve ser realizada em frasco estéril próprio (fornecido pelo Laboratório ACIL)

3. A coleta deve ser precedida de rigorosa limpeza dos genitais. Essa limpeza deve ser realizada pelo próprio paciente seguindo as instruções:

           - Lavar bem as mãos com água e sabão e enxugar com toalha;

- Lavar a região genital com água e sabão, repetir esse procedimento por 3 vezes.

- Enxugar em seguida com toalha limpa.

- Abrir o frasco, iniciar urinando no vaso sanitário (desprezar o 1º jato), colher o jato médio no frasco (2º jato) e terminar urinando no vaso sanitário.

- Tampar o frasco imediatamente e bem fechado para não ocorrer vazamento;

- Colocar o frasco tampado na pia e lavar as mãos novamente.

- Trazer ao laboratório o frasco com a amostra no máximo até 2 horas após a coleta.

 

Coleta Feminina:

1. A paciente deverá colher a 1ª urina da manhã ou com no mínimo de 2 horas após a última micção.

2. A coleta deve ser realizada em frasco estéril próprio. (fornecido pelo Laboratório ACIL).

3. A amostra deve ser coletada de preferência no Laboratório ACIL.

4. A coleta deve ser precedida de rigorosa limpeza dos genitais. Essa limpeza deverá ser realizada pela própria paciente seguindo as instruções:          

A- Lavar bem as mãos com água e sabão e enxugar com toalha;

B- Lavar a região genital com água e sabão no sentido de frente  para  trás, repetir esse procedimento 3 vezes.

C- Enxugar em seguida com toalha limpa no mesmo sentido de frente para trás.

D- No ato da coleta deve-se, com uma das mãos, separar os grandes lábios de forma que a urina a ser coletada não encoste à pele (este procedimento é de fundamental importância para evitar contaminação da urina por bactérias presente na pele).

E- Iniciar urinando no vaso sanitário (desprezar o 1º jato), sem interrupção colher o 2º jato (jato médio) no frasco e terminar urinando no vaso sanitário.

F- Tampar imediatamente o frasco de forma correta para não haver vazamento;

G- Colocar o frasco tampado na pia.

H- Lavar as mãos novamente.

I-  Entregar ao laboratório o frasco com a amostra no máximo até 2 horas após a coleta.

5. Evitar coletar urina no período menstrual. A mesma deve ser colhida, 5 dias antes ou 5 dias após este período. Mas em casos de urgência a coleta deve ser realizada, procedendo da mesma maneira até o item D. Um tampão de algodão deverá tampar a entrada da vaginal para evitar contaminação do fluxo menstrual e continuar o procedimento a partir do item E.

 

Urina de 24 horas

1. Ao acordar pela manhã, esvaziar totalmente a bexiga desprezando esta urina. A partir daí, colher rigorosamente todas as micções (inclusive à noite e as urinas antes do banho e antes de evacuar) e não apenas uma parte e colocá-las no mesmo frasco. Caso aconteça de esquecer, colher alguma micção, interromper a coleta e iniciá-la novamente no dia seguinte. Colher toda micção e também, integralmente, a primeira micção do dia seguinte, no mesmo horário em que jogou fora a do dia anterior.

2. Os volumes deverão ser coletados rigorosamente, sem nenhuma perda de material.

3. Para urina de 24 horas com conservante, este deverá ser adicionado ao frasco no início da coleta.

4. O paciente não deve ingerir bebida alcoólica durante o período de coleta do material.

5. Evitar excesso de líquidos no dia da coleta. Pode haver ingestão normal de líquido, sem exageros, porque os grandes volumes dificultam estas determinações.

6. O paciente deverá encaminhar ao Laboratório ACIL logo após o término da coleta, tendo anotado o horário e data de início e de término da mesma.

7. É fundamental que seja entregue ao Laboratório ACIL toda a amostra da urina de 24 horas. Qualquer erro nesta coleta implicará em erros nos resultados.

Obs.: Evitar coletar nos finais de semana, para que não ocorram alterações provocadas pelas mudanças de hábitos dos finais de semana.

 Relacionar o uso de medicamento em caso da impossibilidade de suspensão.

Sugerimos que as urinas devam ser coletadas em frasco plástico liso, tipo água mineral SEM GÁS. Não usar recipientes de refrigerante, medicamentos, etc, pois poderá ocasionar contaminações na urina.